Tv Islamismo No Brasil NOVO















Estamos com 5Hs e 10 minutos de video na nossa tv, contanto toda a verdade....

quinta-feira, 10 de março de 2016

UM AVISO AO OCIDENTE/A ESQUERDA E O ISLÃ – PARTE III

Shaira Zone Futebol Clube

Após quase todos os ataques terroristas contra o Ocidente, os Muçulmanos fingem condenar o assassinato de pessoas inocentes ou dizem que o Islã condena o massacre dos mesmos. Mas o que não explicam a você é que a noção de ser inocente nunca poderá ser aplicada aos não-Muçulmanos, porque de acordo com a Jurisprudência Islâmica, os não-Muçulmanos rejeitam a mensagem de Allah (Alá) e Muhammad (Maomé), portanto são automaticamente considerados culpados (ou não inocentes). Assim, quando os Muçulmanos dizem aos meios de comunicação Ocidental e ao público não-Muçulmano que o Islã condena o assassinato de inocentes, realmente não estão mentindo. Mas, simplesmente não estão dizendo a você toda a verdade, ou seja, que inocentes seriam caso fossem companheiros Muçulmanos, de acordo com a Lei Islâmica.


Essa tática amplamente utilizada é chamada Tawriya ou Ketman (تورية و كتمان). É uma parte integrante dos ensinamentos Islâmicos sobre como os Muçulmanos devem lidar com os não-Muçulmanos. Significa que é permitido ao Muçulmano dizer uma coisa na sua frente e esperar que você acredite nele, enquanto mantém outro pensamento em mente e no coração como verdade. E isso não é considerado uma mentira no Islã.
O mesmo conceito é aplicado a palavra terrorismo ou terrorista. Muçulmanos não consideram como terrorismo o que estão fazendo . Em suas mentes, acreditam que seu comportamento é simplesmente uma resistência a tirania Ocidental, ou que estão defendendo o Islã e a luta contra a opressão, mas definitivamente estão engajados na jihad pela causa de Allah. Portanto, Muçulmanos podem facilmente dizer que o Islã condena o terrorismo ou que os Muçulmanos não são terroristas, porque em seus corações, acreditam que o que fazem não é terrorismo e como mencionei anteriormente, não estão mentindo. O objetivo final do Islã é a dominação total, não somente do seu país, mas eventualmente do mundo todo.
Lembre-se das palavras do terrorista Muçulmano Mohammad Atta, abordando os passageiros do voo 11 antes do avião atingir o primeiro World Trade Center em 11 de Setembro de 2001. Ele anunciou através do intercomunicador: “Temos alguns planos. Basta ficarem quietos e vocês estarão okay. Estamos retornando ao aeroporto. Ninguém se mexe. Tudo ficará bem. Se vocês tentarem fazer qualquer movimento vai pôr em perigo a si mesmos e o avião. Basta ficarem quietos.” Em seguida, repetiu essa afirmação, “Ninguém se mexe, por favor. Vamos retornar ao aeroporto. Não tentem fazer qualquer movimento estúpido.” As pobres vítimas acreditaram nele e ficaram quietas, sem saber que estavam a um passo da morte.
Shaira Zone Futebol Clube
Nota: Foto adicionada pelo Blog —Veja: O site da Sociedade Islâmica do Maranhão expõe claramente tudo o que vem sendo dito a respeito do Islã. Consideram o site deles uma área controlada pela Sharia. (SHARIA CONTROLLED ZONE – ISLAMIC RULES ENFORCED). Não respeitam a Constituição Brasileira. Se fazem de vítima e acusam os Americanos, quando o Islã durante 1.400 anos massacrou 270 milhões de pessoas, sem contar com os dados atuais como o genocídio de Cristãos Coptas no Oriente Médio. Clique na foto para acessar o site da sociedade. ATENÇÃO: FOTOS CHOCANTES.
Isso é o que os Muçulmanos querem que você faça — ficar quieto, permanecer ignorante e não resistir a eles. Mas, permanecer em silêncio e não fazer nada simplesmente significa que você está cavando sua sepultura com as próprias mãos, enquanto testemunha e contribui para a morte de sua cultura nas mãos do Islã.
Se há uma mensagem que posso passar a você que seja esta — tenha orgulho de quem você é. Seja orgulhoso de seu país, de seus valores, da sua civilização, da sua herança, da sua cultura e da sua religião. Este é o lugar onde a sua força e poder reside. Você não tem absolutamente nada para se envergonhar.
Não se esqueça do fato de que seus antepassados ​​a construíram, e você a herdou, a melhor civilização que a humanidade já conheceu. Esta é a civilização que trouxe o Consciência ao mundo. É por isso que pessoas de todo o mundo, incluindo os Muçulmanos, querem e tentam viver em seus países. Mesmo que os Muçulmanos joguem com o sentimento de culpa para que você se sinta envergonhado de algum ressentimento histórico, não se deixe enganar por essas táticas sujas. Fique forte e orgulhoso. Eles é que têm milhões de razões para se envergonharem de si mesmos, de sua cultura, de sua história e de sua religião. Eles estão entre as pessoas mais decadentes da história, e seus países são o mais selvagens e atrasados da terra. E continuam com o auto engano de que são perfeitos, e orgulhosos, e fazem o papel de pessoas devotas.
Se você mostrar aos Muçulmanos que não está orgulhoso da sua identidade cultural, ou qualquer sinal de fraqueza social ou aversão histórica , eles irão usar isso contra você e você será mais uma vítima. Nunca se esqueça, ninguém monta em suas costas se você se manter ereto.
Screen Shot 2015-08-11 at 12.06.50 AM
Muçulmanos usam suas próprias leis democráticas contra você e fazem isso com sucesso, enquanto você dorme, como se num estado de coma profundo. É por isso que os Esquerdistas (comunistas) são as pessoas verdadeiramente dignas do título de “idiotas úteis“. Eles estão num estado perpétuo de vergonha e autodepreciação e serão as primeiras vítimas do Islã se por ventura tomarem o poder. Muçulmanos os usam como uma vara para bater em você e eles mesmo não serão aceitos como amigos dos Muçulmanos, a menos que se convertam ou optem por aceitar o status humilhante de dhimmis de segunda classe. Esquerdistas, Liberais, Progressistas, Antifa, Code Pink, etc., são todos pacificadores e todos serão as primeiras vítimas do Islã. Apaziguar o mau é covardia.
Seu país é como sua casa. Você espera que visitantes respeitem as suas regras, não o contrário. Os visitantes devem apreciar sua bondade e generosidade por recebê-los em sua residência e não tentar impor regras a você. Esta é a sua casa. Você a possui, então você tem a obrigação de protegê-la e defendê-la. Se o visitante não gosta de suas regras, tudo o que ele tem a fazer é se retirar. Ninguém o forçou a visitá-la e ninguém vai impedi-lo de sair. Da mesma forma que  ele chegou em sua casa por livre escolha,  poderá deixá-la por livre e espontânea vontade. Ele também pode ser removido pela força, se necessário.
Por mais de 1.400 anos o Islã tem sido protegido de críticas. Ninguém se atreveu a questionar esse sistema de crenças para não ser condenado à morte. O Islã é cercado por muros muito altos e os Muçulmanos não têm permissão para ver além do muro. A ideia de questionar o Islã é impensável para os Muçulmanos, por isso são incapazes de aceitar o fato de que existem algumas pessoas que estão começando a retirar os tijolos dessa parede para permitir que os raios de luz brilhem. Eles são incapazes de tolerar o fato de que o Islã está começando a ser exposto como uma pessoa que assisti as suas roupas sendo removidas, peça por peça, lentamente. E enquanto as peças estão sendo removidas, as pessoas estão começando a ver o Islã pelo que ele realmente é, e os Muçulmanos estão lutando mais do que nunca para encobrir a verdade.
O Muçulmano médio é incapaz de diferenciar crítica e insulto, análise e ataque. Eles interpretam qualquer crítica ao Islã como um ataque e sua própria reação é, a de em troca, atacar ou insultar. Lembre-se de que, o conceito de “discurso de ódio” ou “insulto“, na mentalidade Islâmica, não é igual ao conceito universal dessas palavras.
O Islã vê como discurso de ódio, ou insulto, qualquer coisa que os Muçulmanos não gostam de ouvir, mesmo que seja verdade. Ou então é algo que eles não querem reconhecer sobre a sua religião, algo que talvez a pessoa não esteja ciente. Por exemplo, dizer que o profeta do Islã era um pedófilo, é considerado um grande insulto para os Muçulmanos, apesar do fato de que há muitos hadiths autênticos que testemunham isso. Aisha tinha 6 anos de idade quando casou com Muhammad/Maomé de 54 anos de idade, mas os Muçulmanos irão dizer que era normal naquela época. Eles sempre gostam de afirmar que você está julgando as coisas fora do contexto. Mas, mesmo dentro do contexto, as palavras e atos de Maomé são maus e desprovidos de qualquer honra ou nobreza.
A incapacidade de criticar o Islã deve ser enfrentada de frente. As pessoas devem ser capazes de criticar o Islã sem medo de represálias. Os Muçulmanos devem saber que não estão acima de qualquer crítica ou acima das outras pessoas ou das outras religiões. O Islã, como todas as outras religiões devem ser questionadas, analisadas e criticadas.
Muçulmanos são mestres do engano e da manipulação. Eles usam a calúnia para intimidar e silenciar. Eles sabem que um dos maiores medos que as pessoas têm no Ocidente é o de serem chamados de racistas. Por isso os Muçulmanos não hesitam em chamar de racista qualquer um que não concorde com eles, ou que não atenda aos seus interesses. Eles usam essa palavra para intimidar as pessoas, mesmo que o Islã não seja uma raça, e sim um sistema de crenças. Como já mencionei, não mostre aos Muçulmanos quaisquer sinais de fraqueza, e não permita que eles imponham seus valores sobre vocês. Só entendem a linguagem do poder. Basta dizer não às suas exigências irracionais e as demandas sem fim.
Lembre-se, os Muçulmanos amam e precisam se retratar como sendo sempre a vítima. Essa é a mais poderosa arma deles contra você no Ocidente. A vitimização permite agir com violência, que gera o pretexto para atacar os não-Muçulmanos em todo o mundo. Isso os enche de ódio, que por sua vez gera mais violência. Além disso, essa vitimização permite que silenciem você e o impeça de resistir à agenda deles. É por isso que a coisa mais fácil para eles é rotular aqueles que criticam o Islã como — racistas, islamofóbicos ou fanáticos.
Uma última coisa que você precisa saber. Os Muçulmanos usam a noção psicológica de projeção contra você. Eles o acusam de ser o que eles mesmos são. Eles o acusam de ser racista, mas são eles mesmos os racistas. O Islã é tudo sobre racismo. O acusam de ser o inimigo enquanto eles mesmos o odeiam incondicionalmente. O acusam de ser fanático enquanto se comportam de forma supremacista.
Nota do Blog  
Lênin: 
“Xingue-os do que você é, acuse-os do que você faz.”
Os Muçulmanos em geral sofrem de paranoia coletiva.  Isso já existe desde o tempo do profeta Muhammad e continua até hoje.  Acreditam que são perpetuamente perseguidos, discriminados e oprimidos pelos não-Muçulmanos. Acreditam que Judeus e Cristãos estão conspirando contra eles para convertê-los ao Cristianismo e ao Judaísmo. Alguns versos do Alcorão reforçam esse sentimento doentio, como o
Alcorão 2:120 
"Nem os Judeus, nem os Cristãos, 
jamais estão satisfeitos contigo, 
a menos que abraces os seus credos. Dize-lhes: 
"Por certo que a orientação de Deus é a Orientação!" Se te renderes aos seus desejos, 
depois de te Ter chegado o conhecimento, 
fica sabendo que não terás, em Deus, 
Protetor, nem Defensor."
Muçulmanos residentes nos países Ocidentais estão sempre vivendo na defensiva. Interpretam qualquer ação disciplinar contra um Muçulmano, ou a recusa de uma exigência religiosa irracional, como um ato de preconceito anti-Muçulmano, ou como sendo um caso direto de discriminação contra os Muçulmanos. Consequentemente, os Muçulmanos causam um monte de problemas e dores de cabeça desnecessárias dentro do país que os acolhem e para as pessoas que os recebem em suas terras.
Nota do Blog: 
O Brasil comete um erro grave
permitindo às mulheres Muçulmanas 
o uso do hijab (véu) em documentos oficiais Brasileiros como em passaporte, 
carteira de motorista etc.
A razão disso é porque os países estão tolerando o Imperialismo Cultural Islâmico. Os Muçulmanos têm se aproveitado da mente aberta do Ocidente com relação aos refugiados e requerentes de asilo. Os Muçulmanos adotaram a tática do Cavalo de Troia para invadir, expandir e tomar o poder. Com esta migração Islâmica atual que está sendo permitida nos países Ocidentais (América do Norte, Europa e Austrália), estamos testemunhando o começo do fim do Ocidente que conhecemos e prezamos. A imigração Islâmica é o erro mais mortífero que o Ocidente já fez. Ninguém no mundo conhece mais o Islã e a mentalidade dos Muçulmanos do que aqueles que sofreram e ainda sofrem por ter o Islã como uma parte de suas vidas.
Se vocês ouvirem os gritos dos Coptas (Cristãos Egípcios), dos Cristãos da Síria, Iraque, Sudão, Paquistão e de todos os outros países Muçulmanos, vocês irão ouvir as vozes coletivas gritando os horrores infligidos sobre eles pelo Islã. Vejam as lágrimas das minorias em todas as sociedades Islâmica. Essas lágrimas irão mostrar a vocês a verdadeira natureza do Islã. Ouçam o sangue dos ex-Muçulmanos pulsando. É o sangue que está gritando e a cada segundo pedindo ao resto do mundo para que “Acordem!” Por favor, ouçam a minha voz, o meu clamor. Por favor, vejam e sintam as minhas lágrimas. Escutem o meu sangue pulsando na minha mensagem. Eu sou uma vítima sobrevivente do Islã.
Texto original enviado por Magda Burhan (codinome) do Egito
Seja Sociável, Divulgue
Tradução: Sebastian Cazeiro

fonte https://tiaocazeiro.wordpress.com/2015/08/11/um-aviso-ao-ocidente-uma-voz-do-egito-parte-iii/?blogsub=confirming#blog_subscription-3

Reações:

5 comentários:

  1. Isso é o que os Muçulmanos querem que você faça — ficar quieto, permanecer ignorante e não resistir a eles. Mas, permanecer em silêncio e não fazer nada simplesmente significa que você está cavando sua sepultura com as próprias mãos, enquanto testemunha e contribui para a morte de sua cultura nas mãos do Islã.
    Se há uma mensagem que posso passar a você que seja esta — tenha orgulho de quem você é. Seja orgulhoso de seu país, de seus valores, da sua civilização, da sua herança, da sua cultura e da sua religião. Este é o lugar onde a sua força e poder reside. Você não tem absolutamente nada para se envergonhar.
    Não se esqueça do fato de que seus antepassados ​​a construíram, e você a herdou, a melhor civilização que a humanidade já conheceu. Esta é a civilização que trouxe o Consciência ao mundo. É por isso que pessoas de todo o mundo, incluindo os Muçulmanos, querem e tentam viver em seus países. Mesmo que os Muçulmanos joguem com o sentimento de culpa para que você se sinta envergonhado de algum ressentimento histórico, não se deixe enganar por essas táticas sujas. Fique forte e orgulhoso. Eles é que têm milhões de razões para se envergonharem de si mesmos, de sua cultura, de sua história e de sua religião. Eles estão entre as pessoas mais decadentes da história, e seus países são o mais selvagens e atrasados da terra. E continuam com o auto engano de que são perfeitos, e orgulhosos, e fazem o papel de pessoas devotas.
    Se você mostrar aos Muçulmanos que não está orgulhoso da sua identidade cultural, ou qualquer sinal de fraqueza social ou aversão histórica , eles irão usar isso contra você e você será mais uma vítima. Nunca se esqueça, ninguém monta em suas costas se você se manter ereto.

    Não, o nome disso não é "muçulmano" não, o nome disso é "evangélico". Eles que estão acabando vão acabar nossa cultura e nossa democracia.

    ResponderExcluir
  2. Mulheres são seres humanos, nos sentimos dor, sofremos, amamos etc... Os homens não são superiores as mulheres. Não importa se eu tenho uma vagina ou ele tem um pênis, somos humanos mesmo assim, eu sou mulher e estou ingnada a me compararem com um camelo!EU SOU HUMANA!Sou um ser humano assim como eles! A diferença é que eles tem um órgão sexual distinto do meu, e traços do corpo diferentes! Não sou um mamífero sou humana! Assim como eles! As mulheres são humanas.

    ResponderExcluir
  3. E lamentável a existência de seres como esses islâmicos, desprezo eles com toda minha alma. Primeiro tinha que perceber de onde é que eles vêm. Como pode um homem concebido por uma mulher, concidera-la um objeto? Então eles também deveriam ser considerados como tais objetos. Santa burrice, tá me causando náuseas.

    ResponderExcluir
  4. E lamentável a existência de seres como esses islâmicos, desprezo eles com toda minha alma. Primeiro tinha que perceber de onde é que eles vêm. Como pode um homem concebido por uma mulher, concidera-la um objeto? Então eles também deveriam ser considerados como tais objetos. Santa burrice, tá me causando náuseas.

    ResponderExcluir
  5. Eu desprezo atitude dessa essa gente, destituída de respeito, amor e inteligência.... povinho medíocre .

    ResponderExcluir